domingo, 7 de outubro de 2012

O cor-de-rosa é um vermelho, só que mais demorado...



Mesmo nublado o dia continua lindo. Na verdade, é nublado que gosto mais do dia. Se chover, vai ser primavera aqui dentro de casa. As gotas de chuva, o poema tatuado na pele  – Escuta a água nos vidros. Tão calma. Não anuncia nada. A música do silêncio. Na minha cabeça a gente precisa de pouco pra ser feliz.
 

2 comentários:

  1. é... a felicidade não vem simplesmente de sentimentos intensos, mas sim daqueles profundos... e não está nas coisas mais complexas, está nas mais simples, nos pequenos detalhes. Quando vistos de longe o todo pode parecer belo, mas ele só o é pelos detalhes, que só podem ser vistos de perto... e não são menos belos!
    hehehe.... ^^

    ResponderExcluir
  2. sempre gosto muito de ler seus comentarios, berna. :)
    beijos beijos

    ResponderExcluir

Seguidores